SPFC

Portão 7

Diversos

06 de Outubro de 2020

Nota oficial

Em virtude de informações equivocadas veiculadas nesta terça-feira, a Diretoria de Futebol Social vem a público esclarecer que a reforma de modernização dos campos do futebol social será realizada a partir de parceria entre São Paulo Futebol Clube e Ambev, e custeada a partir do aporte do contrato firmado entre as partes. Não haverá, portanto, o suposto gasto de R$ 1,4 milhão dos cofres do clube informado equivocadamente - deste valor total, inclusive, R$ 1,162 milhão já foi depositado nesta semana pelo parceiro para a realização da reforma.

A parceria entre São Paulo e Ambev prevê em seu contrato a destinação de valores para benfeitorias em infraestrutura, de maneira já utilizada nos últimos anos nas reformas na academia do Complexo Social e nos vestiários, túnel e sala de imprensa do Estádio do Morumbi.

A reforma se faz necessária uma vez que os campos do futebol social recebem mais de 1.200 jogos por ano e, atualmente, têm tecnologia de grama sintética e de drenagem que não permite a melhor prática do esporte. A obra irá contemplar a troca de tecnologia que visa a reduzir em 30% o calor absorvido da exposição à luz solar pela camada de borracha do gramado e, então, proporcionar uma melhor experiência ao associado.

A Diretoria de Futebol Social se coloca à disposição dos associados para sanar qualquer eventual dúvida e lamenta ter de elucidar informações que não são verdadeiras a respeito de uma reforma que virá para melhor atender os sócios são-paulinos e reforçar a estrutura do Complexo Social.